Arquivo do blog

O Movimento Mobiliza UEG consiste num movimento unificado de professores, estudantes e funcionários técnico-administrativos da Universidade Estadual de Goiás, espontâneo, independente, não institucionalizado, não hierarquizado e que adota como estratégia de atuação a ação direta. Seu objetivo é intervir no processo de construção da UEG com a finalidade de torná-la, de fato, uma universidade pública, gratuita, autônoma e democrática, capaz de cumprir o seu papel enquanto instituição de educação superior, produtora e socializadora de conhecimentos que contribuam para o bem-estar da sociedade goiana, em particular, da sociedade brasileira, em geral, e, quiçá, de toda a humanidade, primando pela qualidade reconhecida social e academicamente.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Email MOBILIZA UEG

Translate

sexta-feira, 29 de abril de 2016

AÇÃO DIRETA CONTRA A APROVAÇÃO DA MINUTA DA RESOLUÇÃO CEE/2016 EM 29/04



Conselho Estadual de Educação tenta sabotar o ato do Movimento Mobiliza UEG: a mudança de local e horário da reunião foi frustrada  pelo movimento
Em virtude da agenda de mobilização organizada pelo Movimento Mobiliza UEG, o Conselho Estadual de Educação (CEE) alterou de forma intencional e deliberada o local e horário programado para realização da aprovação da minuta da resolução CEE/2016 que trata sobre as Instituições de Ensino Superior no Estado de Goiás. A mesma reunião estava agendada para ser realizada na tarde de hoje (29/04) às 14h no auditório do Palácio Pedro Ludovico Teixeira. Entretanto, ao saberem do grande ato de mobilização organizado pelo Movimento Mobiliza UEG naquele mesmo horário e local contra o CEE, então de forma covarde e anti-democrática, o próprio CEE alterou a realização da reunião para a manhã de hoje (29/04) na sua sede localizada na Pç. Tamandaré no Setor Oeste (Goiânia), a fim de tentar evitar o constrangimento e o incômodo da ação direta promovida por professores e estudantes do Movimento Mobiliza UEG e também do movimento de professores do atual cadastro de reserva do concurso da UEG. 
Alunos da UEG se mobilizam contra o golpe do CEE

Em uma sala apertada se encontravam todos os membros do CEE, cerca de mais 30 estudantes e 16 professores da UEG, e ainda 4 professores do atual cadastro de reserva do último concurso docente da UEG. 
Mesmo com a mudança repentina e de última hora do local e horário da votação do CEE, demonstração clara e evidente, por parte do CEE, de tentar sabotar a mobilização agendada em reunião do Mobiliza UEG na última quarta-feira (27/04), professores e estudantes se organizaram e em carreata se deslocaram para a sede do CEE, a fim de chegar a tempo para a votação da minuta da resolução que tentava promover a intensificação do trabalho docente na UEG (aumento de carga horária sem acréscimo salarial). Esta nova Resolução do CEE, cujo relator é o próprio Pró-reitor de Extensão da UEG (Marcos Torres), imporia o aumento da carga horária docente semanal em sala de aula para 16h, o que inviabilizaria assim a qualidade do ensino, anulando por completo a atividades de extensão e o estrangulamento das atividades de pesquisa na universidade, sendo capaz ainda de provocar a extinção de novos concursos, impedindo também o chamamento dos professores do atual cadastro de reserva da UEG.

Alunos, professores da UEG e também os professores do atual cadastro de reserva se mobilizam contra a reunião de votação do CEE.
O constrangimento dos membros do CEE fora tão grande, devido a ação direta de mobilização,  que os mesmos nem sequer ousaram aprovar a minuta da resolução que continha a mudança de carga horária docente (intensificação do trabalho), sugeriram então (obviamente) subtrair a mesma do texto original.
Com a anulação do texto referente ao aumento da carga horária docente pelo Conselho Estadual de Educação, a Resolução CsU 2015/01, aprovada pelo Conselho Universitário da UEG no primeiro semestre de 2015 também se torna nula e ilegal, não possuindo nenhum respaldo ou legitimidade, já que a mesma resolução do Conselho Universitário tem como base o próprio texto da Minuta da Resolução CEE/2016 que fora subtraída do texto original na manhã de hoje. Logo, não se sustenta o trabalho docente de 12h/semana em sala de aula em vigor atualmente na UEG. A pauta agora é: Abaixo a Resolução CsU Nº01/2015 Já!


Ação direta do Movimento Mobiliza UEG revoga aumento de carga horária docente no CEE em Goiás.

Movimento Mobiliza UEG

Um comentário: